Quarta-feira, 5 de Março de 2008

Esclerose Múltipla

Esclerose Múltipla é uma doença inflamatória crónica, desmielinizante e degenerativa, do sistema nervoso central que interfere com a capacidade do mesmo em controlar funções como a visão, a locomoção, e o equilíbrio, entre outros.
            Denomina-se Esclerose pelo facto de, em resultado da doença, se formar um tecido parecido com uma cicatriz, que endurece, formando uma placa em algumas áreas do cérebro e medula espinal.
            Denomina-se Múltipla, porque várias áreas dispersas do cérebro e medula espinal são afectadas.
            Esta doença causa uma piora geral do paciente, levando-o à fraqueza muscular, rigidez articular, dores articulares e descoordenação motora causando dificuldades para realizar vários movimentos com os braços e pernas, perda de equilíbrio em pé, dificuldade para andar, tremores e formigamente em partes do corpo.
            Em alguns casos pode causar insuficiência respiratória, incontinência ou retenção urínaria, alterações visuais graves, perda de audição, depressão e impot~encia sexual.
            Em estágios mais graves da doença, podemos observar um comprometimento respiratório, levando inclusive a episódios de infecção ou insuficiência respiratória, que devem ser tratados com atenção e rapidez, minimizando o desconforto do paciente e uma provável piora do seu estado geral.
            Exercícios para desobstruir os brônquios, exercícios para reexpansão pulmonar, reeducação diafragmática e da musculatura acessória, com uso de incentivadores respiratórios, são métodos utilizados para minimizar os desconfortos causados por esta patologia.

 
Etiologia
 
            As células nervosas possuem vários prolongamentos dos quais um deles, chamado axónio, é uma fibra longa, fina e flexível que transmite impulsos nervosos. Estes impulsos são sinais eléctricos conduzidos ao longo do comprimento do nervo. As fibras nervosas são longas, de forma a permitir que os impulsos sejam conduzidos entre partes distantes do corpo, como a medula espinal e os músculos.
            A maioria das fibras nervosas está envolvida por uma bainha isolante constituída por gorduras, denominados mielina, a qual actua de forma a acelerar a condução dos impulsos. A bainha de mielina contém interrupções chamadas “nós” chamados “Ranvier”. Ao saltar de “nó” em “nó”, a condução do impulso torna-se muito rápida do que se tivesse de ser efectuada ao longo de todo o comprimento da fibra nervosa. Os nervos mielinizados podem transmitir um sinal a velocidade tão elevadas como 100 metros por segundo – tão rápido quanto um carro de Fórmula 1.
            A perda de bainha de mielina que envolve o nevo origina vários sintomas, porque a transmissão dos impulsos nervosos é atrasada ou bloqueada, uma vez que tem agora de ser efectuada continuamente ao longo de toda a fibra nervosa. Uma área onde a mielina foi destruída é denominada lesão ou placa.
            Este atraso de condução nervosa e o “curto-circuito” dos impulsos nervosos provocados pelas lesões, originam vários sintomas relacionados com actividade do sistema nervoso.


publicado por simply_misses às 10:41
link do post | comentar | favorito

.Este blog foi idealizado no âmbito do projecto "Doenças do séc. XXI", que estamos a desenvolver na área curricular Área de Projecto do 12º ano, da Escola Secundária de Fafe. Agradecemos desde já a colaboração de todos que tornaram este trabalho realidade.

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28


.posts recentes

. Curas Alternativas

. ...

. Entrevista com a nutricio...

. Hipocolesterolémia

. Hipercolesterolémia

. Controle do Colesterol

. Controle dos Colesterol

. A que se deve o aumento d...

. Função do colesterol

. Colesterol

. Palestra com o Ortopedist...

. Apresentação do Filme "Aw...

. Stress

. Causas

. Os sintomas físicos

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.IMC

Calculadora IMC
Peso: kgs
Altura: m cm
SAPO Blogs

.subscrever feeds