Terça-feira, 22 de Abril de 2008

Complicações da diabetes parte I

 
 
            A diabetes é uma doença “silenciosa”, isto é, provoca lentamente estragos no organismo sem que haja uma percepção clara do que está a acontecer.
 
As complicações que advêm desta doença são várias, nomeadamente:
 
Retinopatia diabética
           
A retinopatia diabética é caracterizada por alterações vasculares. São lesões que surgem na retina, podendo causar pequenos sangramentos e, como consequência, a perda de actividade visual. Exames de rotina podem detectar precocemente o problema, promovendo o seu tratamento na fase inicial. Hoje em dia, esta é a complicação crónica mais comum no doente diabético, em conjunto com a catarata.                                         
No caso do tipo 1, não há necessidade de fazer exames assim que a pessoa descobre que padece da doença, pois não possui um histórico de glicemia alta.                     
Já no tipo II, os exames serão realizados desde o momento do diagnóstico. Isso acontece porque não é possível determinar por quanto tempo a pessoa permaneceu com taxas altas de glicemia.            
O tratamento pode ser através da fotocoagulação. Indicado e realizado pelo médico oftalmologista.
 

Nefropatia Diabética
            É a perturbação da função renal, resultando na perda de proteína na urina. A doença é progressiva, sendo que o órgão vai perdendo a sua função lentamente, até á paralisação total. Contudo, é controlável e facilmente detectável. No entanto é importante seguir as recomendações do especialista pois o tratamento é diferente consoante os casos.
Na diabetes tipo 1, a insuficiência renal progressiva ocorre em cerca de 50% dos pacientes. No tipo 2, observa-se um crescente número dessa complicação, traduzindo o controle muito aquém do desejado.  
Nota: Os rins são órgãos muito sensíveis ao mau trato do nosso organismo. Funcionam como filtros no corpo humano com a importante função de eliminar, pela urina, as substâncias provenientes do metabolismo, que já não têm utilidade para as atividades orgânicas. Ao mesmo tempo, precisam manter outras substâncias que não devem ser descartadas, como as proteínas.
 
 
 
 
tags:

publicado por simply_misses às 10:35
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De José a 22 de Abril de 2008 às 10:51
Pois,tb eu aos 40 e poucos anos fiquei a saber q tinha diabetes, herança familiar, vida intensa, enfim. Parabens pelo blog em jeito de site, pois a informação existente é dispersa e por vezes vaga. José


Comentar post

.Este blog foi idealizado no âmbito do projecto "Doenças do séc. XXI", que estamos a desenvolver na área curricular Área de Projecto do 12º ano, da Escola Secundária de Fafe. Agradecemos desde já a colaboração de todos que tornaram este trabalho realidade.

.pesquisar

 

.Fevereiro 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
13
14

15
16
17
18
19
21

22
23
24
25
26
27
28


.posts recentes

. Curas Alternativas

. ...

. Entrevista com a nutricio...

. Hipocolesterolémia

. Hipercolesterolémia

. Controle do Colesterol

. Controle dos Colesterol

. A que se deve o aumento d...

. Função do colesterol

. Colesterol

. Palestra com o Ortopedist...

. Apresentação do Filme "Aw...

. Stress

. Causas

. Os sintomas físicos

.arquivos

. Fevereiro 2009

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

.tags

. todas as tags

.IMC

Calculadora IMC
Peso: kgs
Altura: m cm
SAPO Blogs

.subscrever feeds